Tati Bernardi.

“Amor a primeira à vista. Que o desamor vem a prazo.”

 

Anúncios

Que vontade de gritar até perder a voz. Gritar até as cordas vocais não agüentarem mais e desistirem. Grita até que a dor que me aflige no peito saia voando pela boca e se dissipe no ar. Uma vontade louca de socar as paredes, chutar os móveis, quebrar os pratos, bater portas. Uma vontade de sentir uma dor tão insuportável que faça com que esse nó no coração seja apenas uma pedrinha no meu sapato. Chego a Confundir esse sentimento com ódio, mas é apenas angústia. Vou chorar até secar, morder a lençol até rasgar, enfiar minha cara no travesseiro até sufocar. Vou liberar monstros, soltar os fantasmas. Hoje a noite é de terror. Quero falar na sua cara, e de todos, tudo que nunca conseguir por educação. Não vou desculpar pai, mãe, irmão, avó. Hoje estou sem papas na língua. Hoje soltei os cachorros loucos e vou causar o inferno astral. Que vontade louca de fazer maldade pelo simples prazer de causar dor. Hoje aquele cara bonzinho foi viajar e o cara mal assumiu o lugar. Hoje vou fazer a casa cair. Hoje não tem desculpas, só durmo quando conseguir fazer algo que amenize esse aperto no peito. Depois durmo com os anjos e acordo como um santo.

(Romero Tavares)

Marla de Queiroz

Este silêncio é assustador. Não porque talvez ele não seja necessário, mas porque mesmo sendo necessário, ele machuca. E ando muito ferida pra suportar um pouco mais de dor. Então eu queria que alguém me dissesse que vai ficar tudo bem, sabe? Porque esta incerteza toda tem me desnorteado demais. E uma ansiedade aguda toma conta de mim minuto a minuto.E ainda há a saudade.E mesmo que as previsões sejam positivas, tudo ainda me parece tão longínquo!E estou com pressa, e sede e fomes demais. Percebe como minhas palavras estão respirando com dificuldade? Então eu te peço pra não me deixar tão sozinha assim nesta fase. Mesmo que haja sol e as ondas vão e venham incansavelmente me lembrando do movimento da vida, a sua voz me faz tanta falta quanto uma brisa. Não que tenha me faltado companhia, mas em algum momento o abraço termina porque as pessoas têm as suas vidas. E ainda, o barulho das cidades têm me incomodado tanto quanto este silêncio denso. Então eu fico sem saber pra onde ir. E fico tão sonolenta e encolhida no meu canto até que alguém venha me abraçar novamente. E às vezes esse socorro demora tanto por causa da minha necessidade sempre tão urgente de tudo. De paz. Por não querer sufocar ninguém, fico aqui, sufocada.

Só estou te dizendo estas coisas porque acho estranho você não ter a menor curiosidade em saber como tenho me sentido. Depois de tudo. Porque não existe um segundo sequer em que eu não pense e queira saber e deseje que você esteja bem. Só isso.

 

 

Que se fodam entendem? Que se fodam.

Do livro Comer , rezar e amar

“As pessoas acham que a alma gêmea é o encaixe perfeito, e é isso que todo mundo quer. Mas a verdadeira alma gêmea é um espelho, a pessoa que mostra tudo que está prendendo em você, a pessoa que chama sua atenção para você mesmo para que você possa mudar a sua vida. Uma verdadeira alma gêmea é provavelmente a pessoa mais importante que você vai conhecer, porque elas derrubam as suas paredes e te acordam com um tapa. Mas viver com uma alma gêmea pra sempre? Não. Dói demais. As almas gêmeas só entram na sua vida para revelar a você uma outra camada de você mesmo, e depois vão embora.”

 

 

CFA

“Então vocês vão se distanciando e quando vocês se encontram, vocês vão falar assim: oi, tudo bom e tal, como é que vão as coisas ? E aí ele vai te falar por cima de tudo o que ele viveu e, não sei, vai ser uma proximidade distante. Não adianta, no momento que as pessoas se afastam elas estão irremediavelmente perdidas uma pra outra.”

CFA

Eu queria ir pra um lugar onde eu tivesse uma sensaçãozinha, ilusória que fosse, de que tinha alguém prestando atenção em mim.